Saiba como a construção modular poupa tempo e reduz custos em seus projetos!

Hoje a busca por eficiência e redução de gastos é preocupação corrente no ramo da construção civil.
A construção modular é reflexo desta preocupação, que vem tornando-se tendência no ramo da engenharia civil.

A razão apontada do site Construction Dive, uma das maiores referências para gestores da construção civil é simples: “construir usando o método modular é mais rápido e, por consequência, mais barato, além de resultar em um trabalho de qualidade superior.”

Um dos principais fatores é a diminuição do tempo de construção. Os módulos são fabricados ambientes fechados, onde a chuva nesse contexto não atrapalha a produtividade.

Há empresas na Europa que prometem a entrega da casa com configurações mais simples para o consumidor em apenas três meses. Incrível, não?

O ganho de eficiência em geral vem da padronização dos projetos, que possibilita o domínio e controle do processo e a negociação antecipada dos materiais comprados em grande quantidade.

Todos estes fatores tornam ainda as casas modulares muito mais baratas se comparadas à convencionais.

Pontos Positivos

• Prazo de execução da obra: Afirma-se que uma casa de 100000 euros pode ficar pronta em apenas 3 meses.

• O método construtivo estará menos sujeito a problemas e defeitos devido a ser mais normalizado.

• Possibilidade de junção dos módulos, aumentando facilmente o espaço da casa. Pontos negativos

Pontos Negativos

• Impossibilidade de “customizar” sua casa, já que os módulos seguem padrões pré-determinados.

• Menor flexibilidade criativa a vários níveis.

• Dificuldade no financiamento, pois a maioria dos fabricantes de casas modulares exigem pagamento antes do início da construção.

E ai, o que achou deste artigo? Nos dê seu feedback!

Comentários

Comentários