Aula BIM 02 - O que é BIM? - Revit Template

O que é o BIM?

Partindo da primeira pergunta que todos se fazem sobre este assunto, o que é o BIM?

Terei que ir devagar para explicar, pois desejo abranger o máximo que for possível, vocês podem perceber que falo dele como metodologia, sistema ou tecnologia. Com o objetivo de saber o que realmente é, vamos no dicionário entender o significado dessas três palavras.

Metodologia: Parte da ciência que se dedica aos procedimentos organizados, aos métodos, utilizados pela própria ciência.

Sistema: Reunião dos preceitos que, sistematicamente relacionados, são aplicados numa área determinada;

Tecnologia: Procedimento ou grupo de métodos que se organiza num domínio específico

Então BIM é uma serie de procedimentos organizados preestabelecidos aplicados no ramo da construção civil, métodos para realizar uma “construção virtual” com informações paramétricas de todas as fases da obra, realizando a comunicação e análise do modelo construtivo, onde todos os elementos de uma obra são colocados no mesmo local e integrados para serem analisados e verificados os erros de compatibilidade de informações, podendo assim estudar uma forma de ter uma melhor eficiência de construção e gerenciamento da obra, e economia de material.

BIM não é 2D, BIM não é maquete eletrônica, não é apenas um projeto em um software que trabalhe com esta metodologia, na verdade é maior do que apenas um profissional ou um software, uma construção feita com o BIM é necessário uma gama de profissionais especializados integrados com um objetivo único, projetista e mestres de obras precisam conversar entre si, para modelar exatamente o que será construído, independente do nível de detalhamento.

A principal diferença deste paradigma é a integração necessária entre todos os participantes envolvidos, desde o gerente da construtora, engenheiros e arquitetos, até os últimos mestres de obras e estagiários.

Relacionada hora de ser projetar realmente há uma mudança brusca de modelar, pois muitos itens começam a ser levados em consideração, fazendo uma comparação com sistema CAD, por exemplo: uma parede poderia ser representada e futuramente as especificações dela sem detalhadas, no sistema BIM, a mesma parede inicialmente já pede algumas informações pré-configuradas como camada, material e pé-direito.

Neste momento, o projetista para de focar na representação da prancha final, se tornando um mestre de obras, dentro do computador, focando no modelo real da construção, tendo cuidado com itens construtivos, diferente de pensar apenas na representação das pranchas.

Com esse modelo virtual, todos os desenhos e itens se modificam automaticamente, não precisando mais ficar mudando todas as linhas manualmente, quanto maior o nível de detalhamento, menor o numero de erros possíveis.

Desmembrando o nome BIM podemos verificar muito bem tudo isso que falei, porém podemos separa-lo na teoria, sendo que o modelo é único, é interligado.

Building – Construção: Relacionado com o objetivo final, não apenas com a fase de projeto, existe a preocupação da construção da obra, criando uma preocupação desde da fase de concepção e canteiro de obra, até o Retrofit (manutenção) ou demolição.

Information – Informação: Todos os itens realizados no modelo virtual podem conter todas as informações fisicas e monetárias do mesmo, facilitando cálculos, memorias, cronogramas e análises do resultado final.

Modeling – Modelo: Modelo virtual 3D paramétrico, integrado com todas as disciplinas da obra, possibilitando o aumento da velocidade de se documentar a obra, diminuindo os erros de compatibilidade.

Muito mais dessa tecnologia será explicada em diversos artigos futuros, não parem de evoluir seu conhecimento apenas com esse texto, caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco, ficarei contente em poder te ajudar.

Comentários

Comentários

Rafael Zaccari