Para te explicar o que é o Revit é fácil, ele é o software de modelagem BIM líder do mercado, simples assim kkkk 😀

Mas a mágica acontece de verdade, quando vemos os resultados que ele gera na pratica, sem ficar enrolando com nenhuma teoria complexa.

Por isso preparei este vídeo incrível para você.

Antes de continuar, siga o instagram @revittemplate, lá eu envio diariamente muitas informações sobre o Revit e sobre a metodologia BIM

Para as pessoas que preferem ler invés de ver o vídeo eu preparei este post, mas eu realmente recomendo assistir ao vídeo por conta dos detalhes do software.

A primeira mudança que temos que entender é o espaço do projeto que é tridimensional, não importa como vai ficar a prancha, o inicio é a realização do modelo em si.

“Apenas” isto, causa muita confusão entre os projetistas, já que desde então o mais importante é a plotagem dos projetos.

Até mesmo nas maquetes eletrônicas, o render é mais importante, exatamente como uma prancha no CAD – uma imagem.

O Revit foi comprado pela Autodesk por conta da revolução que ele trás em todas as áreas da construção civil, ele é o camaleão da empresa norte americana.

Conseguimos fazer todos os modelos dentro dele, e fazer a compatibilização de projetos de forma impecável se fizermos tudo direito.

Muitas pessoas pensam que é apenas arquitetura, mas não, todas as disciplinas podem ser feitas.

A explicação por texto será breve, logo caso queira ver um pouco mais destes projetos finalizados, assista o vídeo e faça o download dos pdf no link abaixo.

O nível de detalhamento alcançado é muito querido tanto pelos clientes quanto para os projetistas.

A demonstração que irei explicar hoje será um compilado de várias disciplina, este não é um software apenas para projetos arquitetônicos como muitos falam.

O processo de modelagem utilizado é completamente diferente do que um software CAD, enquanto lá o foco é na representação correta, aqui primeiro precisamos realizar o modelo e por ultimo é a representação.

Rafa, como assim? As pranchas não são o principal?

No CAD sim, no BIM não, podemos utilizar o modelo de diversas formas, mas a representação de pranchas pode ser igual e principalmente melhor.

Com o modelo tridimensional, todas as vistas são paramétricas.

Então se fizermos uma parede em planta, ela aparecerá em cortes, isométricos e tabelas.

Sim, as tabelas são criadas de forma “automática” se as informações forem modeladas corretamente – Altura, camadas, área e volume.

Vamos começar a mostrar um pouco de cada disciplina

Arquitetura

A disciplina de arquitetura, é a mais utilizada aqui no Brasil, por conseguirmos achar mais fácil materiais gratuitos na internet.

As vantagens principais são as vistas paramétricas.

Este projeto não foi feito numa modelagem simples para aprovação na prefeitura.

Todo o projeto executivo foi modelado, criando tabelas e detalhes exatos, tendo uma obra mais precisa.

Comparando com outras vistas, quero te mostrar outra vista criada de forma mais automática.

Não há a necessidade de ficarmos fazendo cortes por linhas simples, um simples comando cria o

corte exatamente como ele é.

Além disso, não é necessário a utilização de softwares

diferentes para realizar uma vista como esta

– um corte humanizado impressionante.

Estrutura

“O Revit é apenas para arquitetura.”

Aqui temos a primeira quebra de paradigmas.

Perceba o nível de detalhamento que é possível modelar.

Este é um tubulão com toda a armação real necessária e ela é quantificada por tabelas paramétricas.

Sim, tudo que modelamos pode ser paramétrico e quantificado.

Tenho que frisar estas duas informações muitas vezes, para te mostrar a eficiência do projeto.

Mas cuidado, o Revit não foi criado para fazer o calculo estrutural, nós conseguimos fazer a modelagem e representação dele.

Ganhando muito tempo, na compatibilização e compartilhamento de informações num único lugar.

Elétrica

Não estou aqui para defender qual é a melhor ferramenta para você fazer seu projeto.

Existem mais de duzentos softwares BIM e talvez o Revit não seja exatamente o que mais atende a sua demanda de serviço.

Mas é possível sim fazer projetos elétricos completos, este é um detalhamento de um cômodo residencial.

Os textos que indicam a fiação, são chamados de Tags, e eles são modificados se alterarmos o condute.

Aqui, começamos a utilizar tabelas para determinar diversos tipos de cálculo, tanto básico como mais avançados.

Por exemplo, uma tabela de cálculo de potência e amperagem.

Faça o download da planta completa para aumentar sua visão do projeto finalizado

Hidráulica

Talvez você esteja se perguntando o motivo de eu utilizar um detalhamento de um projeto contra incêndio e pânico, invez de um detalhamento hidráulico.

A resposta é mais simples do que você pensa rsrs

Simplesmente eu não possuo nenhum projeto hidráulico completo kkkk

Meu foco nesta disciplina, como profissional, é a utilização da disciplina na tubulação dos hidrantes.

A finalização para aprovar o projeto é muito mais fácil, já que conseguimos fazer tabelas para determinar as perdas de carga na tubulação.

Determinando a bomba necessária para atender os requisitos legais do Corpo de Bombeiro.

Renderização

Outro paradigma que alguns possuem, o Revit não é bom para fazer renderizações bonitas…

Como sou engenheiro civil, e não arquiteto, estas imagens foram cedidas por uma aluna – @patriciaolivio.

 

Tudo diretamente por um único software – Chega de ficar perdendo tempo e mudando para outros lugares.

Existem outros programas que você pode utilizar para gerar imagens mais reais, como o Lumion e o Vray.

Mas será que eles são realmente necessários para alguns serviços?

Esta pergunta depende 100% de você rsrs

____________________________________________________________________

Agora o mais importante de tudo isso que mostrei para você até aqui, é analisar e colocar na balança.

As vantagens e desvantagens desta mudança, lembrando que para obras publicas até 2021 o BIM será obrigatório. 😉

Não tem mais volta, o BIM chegou e cada vez mais projetos com qualidade inferior perderão espaço no mercado nacional.

Não por conta de saber utilizar o software X ou o Y, mas por conta de todos os benefícios que agregam na obra final.

Se você chegou até aqui, é muito importante para nós do Revit Template sabermos:

A sua opinião sobre todos estes projetos finais modelados num software BIM.

Siga-nos no Instagram @revittemplate e também no YouTube.

Lá eu posto dicas incríveis sobre BIM, Revit e muito mais.

Obrigado 😀

Abraço.

Rafa Zaccari

Comentários

Comentários