“…É um processo baseado em modelos paramétricos da edificação visando a integração de profissionais…”

Na segunda parte da frase começamos com o trecho acima, neste post iremos aprofundar mais na parte de modelagem dentro do software, descrevendo melhor o modelo paramétrico e as caracteristicas básicas que ele precisa possuir.

Onde é possível realizar uma integração com diversas disciplinas e em todas as fases do projeto e a quantificação de todo material. , sendo que informações técnicas dessa parede são incluídas, possível realizar o detalhamento de cada elemento

Algumas características de um modelo características:

Digital –O projeto é modelado virtualmente, por meio de softwares BIM (Ex.: Revit, ArchiCAD e Bentley Arquitecture), sendo descartados os projetos realizados a mão livre, focando no futuro a utilização de tablets e celulares para leitura de projetos em obra, parando o desperdício de papel para a plotagem (impressão) como atualmente ocorre.

Espacial –Utilizando objetos paramétricos que possuem regras pré-definidas para alteração automáticas de geometria 3D, logo quando modelamos uma parede em 2D, tal elemento é representado numa elevação e na maquete virtual.

 

Mensurável –Todo material utilizado para a realização da obra é quantificável, como dados da obrá (Ex.: Área e volume), tomando o exemplo da parede, tal elemento pode possuir se bem detalhado, todas as camadas existentes para sua construção, retirando-se quantidades de material de tijolo, argamassa, cimento, pintura entre todos os elementos possiveis utilizados in-loco.

 

Abrangente –Não apenas a disciplina de arquitetura é realizada em projetos BIM, todas as disciplinas e detalhamentos podem ser modelados, alem de uma equipe multidiciplinar trabalhar para um objeitvo unico.

Durável –O projeto é pensado para todas as etapas do pré-obra ao pós-obra, dando mais consciência e responsabilidade aos projetistas, que para de se preocupar apenas na representação da prancha final, mas sim com a obra final.

Acessível –Todas as pessoas podem ter acesso aos projetos, com limitações de modificações, logicamente, mas as atualizações das revisões se tornam mais rápidas e práticas.

Logo um modelo paramétrico se diferencia muito de um modelo em CAD, não apenas pela representação gráfica, mas também pelas informações que contem dentro de cada item.

 

Comentários

Comentários